Quase 3 mil motoristas são multados por dirigir usando o celular em Maceió

celulardirigindo

Nos quatro primeiros meses do ano quase 3 mil motoristas foram multados em Maceió por estarem dirigindo e usando o celular ao mesmo tempo. Por conta dessa irregularidade que pode provocar acidentes graves, uma campanha tenta conscientizar motoristas e pedestres sobre os risco do uso do aparelho no trânsito.

Vítima de acidente de trânsito, o mototaxista Geazi José da Silva já passou por quatro cirurgias e a há três anos se submete a sessões de fisioterapia. “As consequências são grandes e há anos venho lutando. Não há o que fazer depois do acidente”, diz o mototaxista.

Só no ano passado o Hospital Geral do Estado (HGE) atendeu mais de 11 mil pessoas vítimas de acidente de trânsito. Um dos motivos fica bem evidente: o uso do aparelho celular.

Tanto que em Maceió é fácil flagrar a desatenção de motoristas e pedestres por conta do aparelho. Uma motorista dirige dividindo a atenção com o telefone no ouvido. O outro chega a passar marcha com a mão contrária por conta do celular. Um outro se distrai ao baixar a cabeça para digitar mensagens no celular.

E se os motoristas se distraem, os pedestres também ao fazer uso do celular ao atravessar ruas e avenidas.

Estudos mostram que a pessoa parar para olhar uma mensagem no celular por três segundos é suficiente pra causar um acidente fatal. Com isso, o Departamento de Trânsito de Alagoas (Detran), junto com a Sociedade Brasileira de Trauma Ortopédico, começou a campanha “Se dirigir, não digite” com um panfleto que é em formato de aparelho celular para orientar motoristas e pedestres.

A campanha conta com uma cartilha que mostra todos os riscos que corre os motoristas e pedestres em se distraírem com o aparelho celular, e com um vídeo educativo.

G1 AL