Oito criminosos de grupos rivais são presos em Alagoas

Bandos atuavam em Pilar e são acusados de vários crimes

98e0cdd4e0bdb1a2d8e1cded7f0b007c_L
Apresentação de oito pessoas foi feita na Secretaria de Segurança PúblicaAscom/SSP

Dois grupos rivais foram presos nesta terça-feira (19), acusados de cometer crimes de homicídio e tráfico de drogas na cidade do Pilar. A apresentação de oito pessoas foi feita na Secretaria de Segurança Pública (SSP). As polícias continuam investigando outros indivíduos que atuam naquela região.

Foram presos: Wilson dos Santos Correia, o Junior Pirobão, 27 anos; Anderson Oliveira, vulgo Nem Moreira, 29 anos; John Alife Melo Souza, de 22 anos; Agenor da Silva Junior, vulgo Pato 25 anos e Josival dos Santos Silva, vulgo Neno, 29 anos.

Do grupo rival foram presos: Márcio Carlos de Almeida, o Márcio Som, de 37 anos e líder do grupo; Isac Pedro dos Santos, o Isac, 20 anos e um menor.

 0419SSP-2

Os grupos são acusados de diversos assassinatos, inclusive de pessoas inocentes. “Todas as forças se unem diariamente para garantir que criminosos não saiam vitoriosos e estamos convictos de que, quem pratica homicídio será preso”, garantiu o secretário de Segurança Lima Júnior. ”A população de Alagoas é de paz e ordeira. Não são essas células que irão tirar nossa estabilidade”, frisou Lima Junior.

As investigações, prisões e apreensão foram resultado da integração da Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) e da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe.

União dos Palmares

O secretário Lima Junior anunciou que foram presos alguns acusados de terem cometido o triplo assassinato na cidade de União dos Palmares no último domingo (17). A polícia continua em busca de mais acusados de envolvimento.

Amélia Sandes – Agência Alagoas