Camaronês morre durante partida de futebol

f43b512ad86f706aa2de9d8927f7bc61f8de4a98
AFP/Arquivos / JEAN-FRANCOIS MONIER

O volante camaronês Patrick Ekeng morreu aos 26 anos nesta sexta-feira, depois de passar mal durante uma partida do campeonato de primeira divisão da Romênia, informou seu clube, o Dínamo Bucareste.

“Tentativas de reanimação foram feitas durante uma hora e meia, sem sucesso”, declarou o médico do Dínamo, Liviu Paltinean, aos jornalistas.

Ekeng, que já defendeu a seleção camaronesa sete vezes, desabou subitamente no gramado, sete minutos depois de entrar em campo, sem que tenha tido contato com outro jogador.

O atleta foi levado para o serviço de emergências de hospital local, mas não conseguiram reanimá-lo.

“Não consigo acreditar. É um pesadelo. É duro demais para mim, para a equipe e para todos os torcedores do Dínamo”, lamentou o diretor geral do clube, Ionel Danciulescu.

Torcedores do clube romeno permaneceram na frente do hospital até a madrugada para manifestar seu apoio ao jogador

Com passagens pelo Le Mans, da segunda divisão francesa, e pelo Lausanne, da Suíça, o camaronês tinha sido contratado pelo Dínamo em janeiro deste ano.

Em 2003, outro camaronês morreu durante uma partida, o volante Marc-Vivien Foé, que sofreu um infarto fulminante com a seleção do seu país, numa partida da Copa das Confederações contra a Colômbia, em Lyon, na França.

O último caso de morte de um jogador profissional em campo foi no dia 30 abril 2015, com o falecimento de Grégory Mertens, zagueiro do Lokeren, da primeira divisão bélgica.

AFP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *