MST incendeia canaviais

4e4aeb76c8c2a0809493e3e532598d3698e94166459b6

O MST anunciou que, se o impeachment da Dilma acontecer, irá intensificar as ações criminosas

Usinas e produtores de cana do interior paulista têm sido vítimas de ações do Movimento dos Sem Terra (MST), que têm provocado incêndios criminosos nos canaviais.

Além das perdas com os incêndios, muitas vezes as vítimas ainda são multadas pela Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, pois o fogo acontece em áreas onde a queima é proibida. O setor deixa claro que o incêndio é prejudicial, não sendo de interesse de usinas e produtores, mesmo assim, na maioria das vezes as multas não são canceladas.

Como o MST anunciou que, se o impeachment da Dilma acontecer, irá intensificar as ações criminosas, produtores de cana solicitaram ao governador Alckmin uma força tarefa de defesa no campo, pois os incêndios não são prejudiciais apenas ao canavial, mas as florestas e a comunidade.

Os produtores também querem um canal de diálogo com a Secretaria do Meio Ambiente, inclusive para orientar os fiscais sobre práticas de controle aos incêndios, como a operação corta-fogo, onde o próprio fogo é utilizado para extinguir o incêndio. Como muitos fiscais desconhecem a prática, acham que a usina ou os produtores estão colocando fogo na cana.

Veja mais informações na revista Digital CanaOnline. No site www.canaonline.com.br você pode visualizar as edições da revista ou baixar grátis o pdf.

Mas se quiser ver a edição com muito mais interatividade ou tê-la à disposição no celular, baixe GRÁTIS o aplicativo CanaOnline para tablets e smartphones – Android ou IOS.

CanaOnline