Sertaneja incrementa economia com instalação de quitanda

Recursos do Governo garantem o sustento da família de Maria Aparecida

1feebd03da9f660dfb6e3f79b696f544_L
Com a venda de frutas e verduras, dona de casa melhorou sua situação financeira e mudou a realidade da família. Ascom/Desenvolve

Não faz muito tempo, Maria Aparecida dos Santos, dona de casa e moradora do município de Inhapi, no Alto Sertão alagoano, não enxergava a possibilidade de sustentar sua família. Tudo mudou há pouco mais de um mês, quando ela pensou em vender frutas e verduras na porta de sua residência e atender à demanda da vizinhança.

O segundo passo foi dado ao ouvir de uma colega a existência de um grupo chamado ‘A união faz a força’, integrante do Programa Alagoas Cidadã, que trabalha pela inclusão socioeconômica e redução da pobreza no Estado, usando a metodologia de Grupos de Oportunidades Locais para o Desenvolvimento (Golds).

Maria Aparecida buscou fazer parte do grupo e, a partir daí, chegou ao setor de crédito da Agência de Fomento de Alagoas (Desenvolve). Com o auxílio dos assistentes de crédito, ela teve acesso à linha Microcrédito Desenvolve/BNDES e a sua primeira liberação, no valor de R$ 4 mil. O recurso foi empregado na compra de uma quitanda e das primeiras frutas e verduras.

“Só eu e minha família sabemos o quanto esse dinheiro está ajudando a mudar nossa vida. Consigo, todo dia, trazer dinheiro pra casa e comprar o que nós necessitamos: alimento, eletrodomésticos e roupas”, apontou, satisfeita, a beneficiada que, não hesitou em dizer que, em breve, buscará mais recurso na Desenvolve por considerar a instituição acessível e mais atenciosa com o povo humilde do que os bancos tradicionais.

O presidente da Agência, Rafael Brito, compartilhou a alegria da dona de casa, ao declarar sua satisfação em ajudar pessoas menos favorecidas e que, em governos anteriores, estavam à margem da sociedade, sem dispor de recurso e, consequentemente, de dignidade.

“Esse é o papel que tem cumprido o governo de Renan Filho. E o trabalho da Desenvolve é fundamental nesse momento de transformação social e econômica de Alagoas”, frisou Brito.

Eliete Amâncio – Agência Alagoas