Secretaria de Educação vai liberar R$ 2,7 milhões para escolas contratarem internet banda larga

Medida foi anunciada em portaria publicada no Diário Oficial; recursos também podem ser usados para manutenção de laboratórios de informática

internet_desconectada

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) vai liberar R$ 2,7 milhões para que as escolas estaduais contratem serviço de internet banda larga. Cada unidade receberá de R$ 5 mil a R$ 10 mil e os recursos contemplam o período de 12 meses, podendo também ser usados para aquisição de equipamentos e materiais de informática para a manutenção dos laboratórios das escolas.

A medida foi anunciada em portaria publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 26 de abril, que regulamenta como o recurso deve ser utilizado. Segundo a mesma, o sinal de internet será disponibilizado para os laboratórios de informática, sala de professores, secretaria, diretoria, auditório, salas de recurso e demais laboratórios das unidades de ensino.

O sinal de internet contemplará não só atividades pedagógicas, mas, também, procedimentos administrativos, a exemplo do acesso e alimentação de sistemas como o Educacenso Sistema de Gestão Escolar (Sageal), PDDE Interativo, Bolsa Família, entre outros.

Após a publicação da portaria, o processo para empenho da verba já tramita internamente na Seduc e o repasse dos recursos deve ocorrer nas próximas semanas.

Ana Paula Lins – Agência Alagoas