Passageira morreu de forma quase imediata em voo de Lima a Porto Alegre, diz companhia

Avianca internacional informou por meio de nota que Luci Elisa Berwig teve dificuldades respiratórias uma hora após a decolagem.

A passageira do voo AV919 que viajava de Lima, no Peru, para Porto Alegre, no domingo (16), “morreu de forma quase imediata”, informou a companhia aérea Avianca ao G1, por meio de nota, nesta segunda-feira (17). Luci Elisa Berwig teve dificuldades respiratórias uma hora após a decolagem, também segundo a empresa.

“Seguindo os protocolos estabelecidos, membros da tripulação realizaram assistência médica regulamentada”, diz a nota.

O avião, também conforme a Avianca Internacional, aterrissou em Porto Alegre, cidade de Luci, à 1h41 de domingo. “Depois de cumprir com os procedimentos próprios para as circunstâncias, a companhia procedeu com o despacho do voo AV918 na rota Porto Alegre-Lima às 6h01.

A Polícia Civil confirmou a morte de Luci Elisa Berwig à RBS TV na manhã de domingo, mas não informou detalhes. Ela estava acompanhada do marido no avião.

“Em nome da Avianca e da tripulação do voo AV919, expressamos nossa solidaridade e apoio à família da passageira morta”, encerra a nota da companhia aérea.

Homenagens

Nas redes sociais, familiares e amigos prestaram homenagens para Luci. Em uma das publicações, um dos filhos a descreve como uma pessoa que “sempre fez o possível e o impossível pelos filhos. Uma mistura de mulher de fibra e doce.”

“Tudo que sou e sei, devo a esta grande mulher, grande mãe, que me educou e me mostrou o mundo”, escreveu outro filho de Luci.

Outra familiar publicou que “Luci Elisa Berwig morreu nas alturas perto de um céu azul junto ao seu amado”

g1

17/04/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *