Jaraguá Vivo: projeto oferece mais uma opção de lazer cultural

Jaragua-Vivo-Foto-Maciel-Rufino-Secom-Maceió-0016-768x512
Jaraguá Vivo Foto: Maciel Rufino/ Secom Maceió

Essa foi a primeira sexta-feira do circuito Jaraguá Vivo, projeto da Prefeitura de Maceió, realizado por meio da Secretaria Municipal de Promoção do Turismo (Semptur). A ação, que acontecia às terças-feiras, teve essa alteração devido ao momento de baixa temporada para que, dessa forma, tanto os turistas quanto os maceioenses possam aproveitar o roteiro cultural.

Para o secretário de Turismo, Jair Galvão, o projeto é uma alternativa para se conhecer a história de Maceió e ter também um vislumbre de como era o lazer no bairro de Jaraguá antigamente. “Os maceioenses têm a oportunidade de, após uma semana de trabalho, conhecer todo o acervo histórico e cultural da sua cidade, interagir com os turistas que vêm aqui nos visitar, além de aproveitar um pouco desse lazer noturno, um momento que o Jaraguá já teve no passado e a gente tenta resgatar um pouco a partir de hoje”, ressalta.

Um dos objetivos da gestão é tornar possível a revitalização do bairro. O projeto Jaraguá Vivo é apenas o primeiro passo para que, nos próximos anos, o local se torne um exemplo de centro histórico. “A gente espera que com novas medidas, como a construção do Centro Pesqueiro do Jaraguá e as parcerias que estão sendo feitas, a gente consiga promover um contexto favorável para que esse bairro tenha vida”, destaca o secretário.

A estudante Gabriella de Araújo viu a divulgação do projeto através das redes sociais e aproveitou a oportunidade de lazer para conhecer o circuito. “Eu já conhecia alguns museus, mas é a primeira vez que participo da ação. Pretendo voltar aqui com a minha mãe e meu irmão”, conta a estudante.

Além dos turistas e da população, alunos do curso de guia de turismo também aproveitam o circuito para aprender sobre o bairro e se preparar para trazer novos grupos de visitantes. “Esse bairro foi a porta de entrada para Maceió. Eu não sabia como o Jaraguá antigo era tão grande e rico e, com esse projeto, as novas gerações também vão perceber o valor histórico da cidade”, espera o estudante Anderson Gonçalves.

O visitante Dinarte Galvão levou toda a família para conhecer o roteiro de visitas e garante que vai voltar nas próximas sextas-feiras. Para sua filha, Dayanna, a ação é uma boa maneira de conhecer a cultura da cidade. “O projeto aproxima as pessoas da cultura, do que tem de belo em Maceió”, disse a estudante.

Circuito

Diversos atrativos estão disponíveis para quem quer aproveitar o projeto Jaraguá Vivo são: Exposição de Arte Popular do Iphan, Arquitetura da Associação Comercial de Maceió, Museu da Imagem e Som (Misa), Praça Dois Leões, Fundação Teotônio Vilela, Igreja Mãe do Povo, programação musical (Jazz e MPB) no REX Bar e experiência gastronômica ao ar livre. A novidade fica por conta do forró pé de serra, oferecido pela Casa da Filó.

“Vamos todos prestigiar e participar desse momento de festa com os nossos visitantes, para conhecer a nossa história, a nossa cultura e a nossa cidade”, convida o titular da Semptur, Jair Galvão.

Jaraguá-Vivo-Foto-Maciel-Rufino-Secom-Maceió-0017-377x290

Raissa Nascimento – Secom Maceió