Governador anuncia construção de Hospital Regional e reforma da Unidade de Emergência

O governador Renan Filho anunciou, nesta sexta-feira (4), a construção de um novo Hospital Regional na cidade de Arapiraca, um dos 13 municípios que estão recebendo a 10ª edição do Governo Presente. Durante o lançamento da segunda fase do Programa Dose Certa na Atenção Básica, Renan Filho também afirmou que a Unidade de Emergência do Agreste passará por reformas.

A construção do novo hospital deve oxigenar a rede de saúde pública da macrorregião. “Passei ontem pelo Hospital Regional aqui em Arapiraca e vi que a demanda é gigantesca, sozinho ele já não consegue atender a cidade e toda essa macrorregião. Estamos trabalhando duro para a estruturação dos hospitais regionais e para construir aqui o quarto Hospital Regional da nossa gestão, que será tocado por mim e pelo vice-governador Luciano Barbosa. Será, sem dúvida, um grande marco”, afirmou Renan Filho.

Para atender ao Agreste, uma região muito populosa, o Hospital Regional de Arapiraca deve ser maior do que as outras três unidades do mesmo tipo que estão sendo construídas em Alagoas: os Hospitais Regionais do Norte, do Alto Sertão e da Mata.

No último domingo (29), o Governo do Estado entregou à população o Hospital da Mulher, em Maceió, o primeiro dos cinco que estão sendo erguidos no estado. “É o primeiro a ser 100% construído em um governo, desde a gestão Lamenha Filho, em 1979, quando entregou o HGE. Maceió passou 40 anos fazendo ‘puxadinhos’, construindo uma sala embaixo de escada no HGE, ampliando a Santa Mônica, sem construir um único equipamento hospitalar”, lembrou o governador.

Os hospitais da capital servirão para estruturar a rede e irradiar políticas públicas e programas para melhorar a saúde nos municípios. Para o Hospital Metropolitano de Maceió, que será entregue no próximo ano, Renan Filho anunciou uma unidade cardiológica: “Vamos contar com a ajuda da bancada federal para construirmos lá dentro o Hospital do Coração e uma nova Hemorrede. O Metropolitano é o maior investimento em saúde pública da história de Alagoas, feito 100% com recursos próprios do Estado até agora”.

Na solenidade, que contou com prefeitos, deputados e secretários de Estado, foram entregues R$ 1,2 milhão em medicamentos para a Atenção Básica de 12 municípios do Agreste. O vice-governador, Luciano Barbosa, destacou que essa integração entre Estados e Municípios é essencial para que a saúde funcione bem.

“Conheço bem a Atenção Básica de Arapiraca e, por isso, sei que esse programa é fundamental, até para o Governo do Estado fazer melhor a média e alta complexidade. Vamos dar as mãos porque a esmagadora maioria do povo alagoano só tem um plano de saúde, que se chama SUS. Se esse SUS não funcionar, a população alagoana não tem saúde”, declarou Barbosa.

Além da reforma da Unidade de Emergência Dr. Daniel Houly, conhecida como UE do Agreste, o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, confirmou que até o fim do ano será lançado o edital do concurso público para a área. “De nada adiantaria cinco novos hospitais sem cuidar dos que já existem. Faremos uma grande reforma na UE”, afirmou.

Também foram entregues para o Samu Arapiraca (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) oito ambulâncias, sete motocicletas e mais de mil macacões e equipamentos individuais. “Não tem serviço de urgência e emergência sem o Samu funcionando com excelência”, disse o governador Renan Filho.

Ascom – 05/10/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *